Facebook Flickr Youtube Contato
Pular para o conteúdo
Voltar

Prefeito participa da primeira sessão ordinária da Câmara de Bragança Paulista

Jesus Chedid comentou os principais desafios do início de sua gestão

A Câmara Municipal da Estância de Bragança Paulista realizou, na tarde de ontem (7/2), a 1ª sessão ordinária de 2017. A abertura dos trabalhos do Legislativo contou com a presença do prefeito Jesus Chedid e do vice-prefeito Amauri Sodré (ambos DEM), que foram questionados pelos vereadores a respeito do início da gestão e principais desafios para o desenvolvimento da cidade.

Ditinho Bueno do Asilo, Dr. Claudio, Claudio Moreno, Beth Chedid, Fabiana Alessandri, João Carlos Carvalho, José Gabriel Cintra Gonçalves, Quique Brown, Marco Antonio Marcolino, Marcus Valle, Mario B. Silva, Natanael Ananias, Paulo Mário Arruda de Vasconcellos, Rita Leme, Tião do Fórum e Sidiney Guedes tiraram dúvidas a respeito da educação, saúde, segurança pública, esportes, lazer entre outros.

Uma das primeiras perguntas foi feita pelo vereador Marcus Valle, a respeito do investimento no Carnaval. Jesus foi direto ao dizer que foi um grande acerto da administração fazer esse investimento. "O povo tem que ter o Carnaval. Além disso, isso aumenta todo o faturamento da cidade", explicou Jesus. O vereador Quique Brown também comentou o tema, pedindo que a Administração repita o investimento na Cultura e Lazer em atividades ao longo de todo ano. O prefeito garantiu que busca atender a solicitação.

Outro tema que preocupa o Legislativo é a questão das enchentes. Os vereadores José Gabriel e Fabiana Alessandri indagaram Jesus a respeito disso. O prefeito destacou que já vem tomando providências e buscando recursos junto aos governos Estadual e Federal. "Vou amanhã (8/2) para Brasília em busca de recursos nesse sentido. O deputado Edmir Chedid nos acompanhará, temos audiência em diversos ministérios", adiantou o prefeito.

Na questão da saúde, temas como a renovação de contrato da ABBC (organização social que presta serviços ao munícipio), abertura da UPA Bom Jesus, convênio com a Santa Casa e Universidade São Francisco também foram discutidos. Porém, uma preocupação comum partiu da presidente da Câmara, Beth Chedid, e do vereador Dr. Claudio, a respeito do aumento nos índices de mortalidade infantil na cidade.

"O trabalho para melhorar os índices de mortalidade infantil é um pedido que faço em especial para o senhor. Sei que é uma preocupação de seu governo e que vão olhar com carinho para isso", destacou Beth.

A vereadora recordou que desenvolveu trabalho nessa área em sua legislatura anterior e que na época os índices da cidade eram bem mais baixos. Dr. Claudio também pediu atenção especial nesse sentido.

Jesus recordou que, em seu último governo, foram desenvolvidos os projetos Arco-íris e Beija-flor, com o auxílio da primeira dama, Amarilis Chedid. As iniciativas buscavam o acompanhamento das mulheres desde o início da gestação, garantindo assim uma atenção contínua. O prefeito garantiu que os projetos devem ser retomados.

Ditinho Bueno, Sidiney Guedes e outros vereadores também parabenizaram a Administração pela reunião realizada na manhã de terça (7/2), quando anunciaram que o presidente da BM&Bovespa, Edemir Pinto, irá criar em Bragança um Centro de Cidadania para Crianças e Adolescentes. O local será também um polo esportivo para o desenvolvimento de atletismo. A expectativa é grande para que a iniciativa prospere não apenas no esporte, mas também com cursos e oportunidades às crianças e jovens.

O líder do prefeito na Câmara, vereador Paulo Mário, foi o último a se manifestar. "Agradeço a presença do senhor nesta Casa e sua vontade em acertar cada vez mais. Leve dessa Casa o mesmo respeito que o senhor traz. Conte com a ajuda deste Legislativo em sua gestão", afirmou.

A presidente da Casa também deixou seus agradecimentos. "Estou acompanhando sua luta e seu trabalho, sei que fica até tarde na Prefeitura, o tempo todo. Seu ritmo é difícil de acompanhar, mas vamos ajudar. Parabenizo também aos secretários por tudo que vem fazendo", declarou Beth.

O prefeito mostrou-se muito disposto a trabalhar em conjunto com o Legislativo. "Agradeço por nos receberem aqui. Essa Câmara tem papel fundamental na vida de Bragança", disse referindo-se a importância de projetos que deverão passar pela Casa, como a renovação do contrato da Sabesp.

O vice Amauri também agradeceu a oportunidade. "É muito importante estarmos aqui nesta noite e sempre que precisarem. Muitas dessas perguntas vão ajudar a nortear nosso trabalho", garantiu.

Sem matérias para votação, a sessão teve também a manifestação de alguns vereadores a respeito de temas da cidade. Cláudio Moreno comentou a atuação da Guarda Civil Municipal e a aprovação pela Câmara da lista tríplice para corregedoria da Guarda. Marcus Valle solicitou atenção ao assoreamento do Tanque do Moinho. Com vídeos e fotos ele apresentou a situação preocupante em que se encontra o local.

A vereadora Fabiana Alessandri tratou da questão das enchentes também em sua manifestação. João Carlos Carvalho insistiu na fiscalização da situação da empresa Embralixo, que reduziu o número de varredores e Moufid Doher a respeito do contrato de iluminação pública com a Citéluz.

Os vereadores também aprovaram, por unanimidade, a votação de requerimento solicitando a entrada do projeto de lei 4/2017 em regime de urgência, urgentíssima na pauta da Casa. Ele deve ser votado na próxima semana.

O PL dispõe sobre abertura de crédito adicional especial na Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício de 2017. O objetivo é adequar a LOA para viabilizar a operação das Secretarias Municipais de Mobilidade Urbana e de Segurança e Defesa Civil.

Tribuna Livre

A primeira sessão contou com a participação de duas manifestantes. A primeira inscrita foi Ismara de Carvalho Bastos, representando o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher.

Ismara tratou sobre a atuação do Conselho e destacou as ações do projeto Guardiã Maria da Penha e Prevenção da Violência Doméstica com Estratégia da Saúde da Família. Para complementar a apresentação, todos os vereadores receberam a cartilha Mulher – Vire a página, produzida pelo Grupo de Enfrentamento à Violência Doméstica (GEVID). A vereadora apresentante foi Beth Chedid.

Beth recordou que sempre trabalhou em defesa da mulher e também citou iniciativas do deputado Edmir Chedid, governador Geraldo Alckimin e Ministério Público nessa esfera. A vereadora finalizou sua fala com um importante apelo "o Conselho também precisa se preocupar em como tratar o agressor. Se não nos preocupamos com ele, ele terá como atingir outras mulheres", frisou.

Na sequência, Assunção Santos foi apresentada pelo vereador Marcus Valle. A munícipe falou sobre questões da transição de governo, transparência na divulgação de dados do Executivo, importância do controle social e LAI (Lei de Acesso à Informação).

A Câmara realizará a próxima sessão ordinária em 14 de fevereiro, terça-feira, às 16h, no Plenário da Câmara Municipal. A sessão pode ser acompanhada pela internet, no endereço www.camarabp.sp.gov.br e pela TV Alesp (operadora NET).